7/20/2010

Anedotário Nacional

Esta fica aqui como arquivo:

Dos 3 assaltantes de bicicletas detidos esta segunda-feira no Algarve depois de uma perseguição policial, dois estiveram envolvidos no homicídio do chefe da PSP de Lagos em Dezembro de 2005.

Os três detidos foram ouvidos no Tribunal de Faro não por um juiz, mas por um funcionário judicial. E foram mandados para casa.

PSP e GNR em perseguição de ladrões de bicicletas no Algarve

«A forma como se puseram em fuga constituiu um risco elevado para os agentes que estiveram envolvidos na operação e para os outros utilizadores da via. Naturalmente, este tipo de indivíduos têm de ser abordados com cuidado para evitar incidentes», considerou Campos Oliveira, da PSP de Faro.

«Os indivíduos estão referenciados em outros processos similares noutros ponto do país e, eventualmente, poderão estar relacionados com outros casos. Estamos a falar do mesmo tipo de crimes, como assaltos a estabelecimentos», frisou.

O Ministério Público teve dúvidas quanto à identidade de alguns destes homens e pediu informações à PSP. A Polícia garante que informalmente estes homens são perigosos e que tinham ligações ao Gang do Pecas, mas a procuradora não esperou que estas informações chegassem por escrito ao processo durante as 48 horas que a lei prevê para que seja feito o interrogatório judicial e decidiu ouvir os suspeitos.

Perante o funcionário judicial, os detidos mentiram ao dizer que não tinham cadastro ou processos pendentes na justiça. Também deram moradas de acampamentos ciganos em Portugal e Espanha. Em 2007 foram condenados a seis anos e seis meses de prisão, não se sabendo neste momento se estavam em liberdade condicional ou se fugiram da cadeia, porque no processo não consta o certificado de registo criminal. Certo é que saíram do Tribunal de Faro pelo próprio pé.

O caso do chefe Martins teve o envolvimento do Gang do Pecas. Foi morto com um tiro na cabeça por um dos sete elementos do grupo que momentos antes tentava assaltar uma caixa multibanco em Vila do Bispo. O grupo furou uma barreira policial em Lagos, conseguiu fugir e foi detido em Espanha já em 2006.

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/biclicletas-ladroes-assalto-gang-algarve-tvi24/1178974-4071.html