8/05/2009

Α ... Ω

Alguém dizia que não valia a pena ir ao funeral, que não adiantava nada. Mas eu achei que sim. Era uma tia, era família. E lá fomos, eu e o meu pai. Ainda que a minha família esteja naquela fase em que quase já só nos vemos nos funerais. E casamentos já não deve haver mais. Mas aqui saltam à memória, em tons amarelados, os momentos de infância, das visitas, dos tais casamentos, das idas à terra da avó. Porque entre o Alpha e o Omega são só três pontinhos, e eu já vou no segundo. Porque ontem foram os meus primos a chorar a morte da mãe, e o meu tio desabafando que também tinha ido com ela. E amanhã serei eu.

1 Comments:

Blogger FMS said...

Eu por tudo quanto tenho visto e vivido estou em crer, é isso mesmo, crer racionalmente, que quando formos nós, não há-de ser nada. E o que havemos de rir durante o resto deste pontinho e o próximo.

sexta ago 14, 12:51:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home